Tudo que você precisar saber sobre as tinturas capilares.

AS TINTURAS CAPILARES E SUAS PEGADINHAS

Na linguagem das farmacotécnicas, uma tintura é um extrato alcoólico de, por exemplo, uma erva ou solução de uma substância não-volátil, como iodo e mercurocromo.

Utilizada para cobrir os cabelos brancos ou para mudar o visual, tingir os cabelos tornou-se um procedimento comum para a maioria das mulheres e até mesmo para os homens. Seguindo as corretas orientações do próprio fabricante, a tintura aplicada no salão de beleza passou a ser aplicada até mesmo em casa.

As fórmulas dos produtos para colorir os cabelos estão cada vez mais avançadas. Sem dúvida, torna-se indispensável usar o condicionador no cabelo tingido para que ele esteja sempre saudável e tenha um aspecto saudável. Cuidar dos cabelos não requer muito tempo ou atenção especial. Alguns conselhos simples ajudarão a nutri-lo, hidratá-lo e alcançar a coloração que perdure muito mais.

Na hora de escolher como dar cor a seu cabelo, é importante que saiba que existem tinturas que contam com fórmulas capazes de fazê-lo com o máximo cuidado. Existem opções de tingir seu cabelo sem amoníaco e obter um look bem natural.
Existem tecnologia que imprime melhor os pigmentos da cor sem que seu cabelo perca sua elasticidade natural. Sem dúvida, se carregas problemas anteriores de ressecamento, falta de brilho ou quebra, é conveniente que logo após a coloração use produtos para o cuidado diário dos cabelos, que o hidratem e o nutram. Recomendamos que você adicione um condicionador de alta qualidade para solucionar danos.
Finalmente é importante que proteja seu cabelo dos agentes externos que causam danos. O sol é um grande inimigo da coloração. Proteger o cabelo dos raios ultravioleta, sobretudo no verão, é indispensável. O secador também deteriora a tintura. Se você puder, deixe que o cabelo se seque de forma natural. Se é indispensável seu uso, seque-o apontando sempre até a base.

EVOLUÇÃO DAS TINTURAS PERMANENTES

A tecnologia evoluiu muito rapidamente em muitas áreas, mas no campo das tinturas para o cabelo não teve grandes mudanças nos últimos 100 anos. Em 1907, Eugène Schueller criou a primeira tintura comercial para o cabelo e revolucionou o mundo do cabeleireiro. Seu descobrimento se baseou na parafenilendiamina (PPD). Desde então, a maioria das tinturas para o cabelo contém este composto, assim como amoníaco ou peróxido como agentes que colorem a cutícula do cabelo. Por causa disso, que até o dia de hoje, a tintura permanece sendo a melhor escolha para tingir o cabelo.
Quanto ao futuro da coloração, temos diversos estudos garantindo que haverá importantes inovações nos próximos anos, incluindo o desenvolvimento de tinturas de maior duração e aspecto mais natural, assim como terapias genéticas para reverter o grisalho. No Reino Unido, concluem que a indústria da coloração do cabelo gozará de uma expansão ainda maior no futuro, devido ao aumento da expectativa de vida, de uma população mundial que anseia manter uma aparência juvenil. Isso está propiciando um estrondo na investigação sobre novas tinturas e tecnologias alternativas.
Os cientistas estão progredindo para métodos para tingir o cabelo que sejam cada vez mais cômodos, modernos e seguros. Por exemplo, entre as futuras técnicas se incluem colorantes compostos por pigmentos à base de partículas de tamanho nanométrico, que penetrarão no cabelo e ficarão presas com a maior eficácia, proporcionando uma cor mais duradoura.
Também estão desenvolvendo substâncias que estimulam genes específicos para que produzam melanina, o pigmento que dá cor ao cabelo, para poder produzir uma gama de cores mais ampla e de aparência cada vez mais natural.
O amoníaco é um produto básico na indústria química. Este gás incolor, de cheiro penetrante, é solúvel em água e facilmente biodegradável. As tinturas permanentes contêm este componente como alcalinizante, para dissolver e remover os pigmentos naturais, inchar as cutículas e poder colorir o cabelo. A capacidade de inchaço do cabelo é muito melhor com amoníaco que com as alternativas que ultimamente estão presentes no mercado.
Os produtos para a coloração do cabelo com amoníaco, além disso, possuem propriedades excelentes para dar brilho e durabilidade à cor, porque penetram desde a raiz, e cobrem eficazmente os cabelos brancos.

CABELOS BRANCOS 

Não tenha medo dos brancos. Se forem os primeiros ou se convive com eles há tempos, é hora de experimentar os benefícios da tintura para escondê-los completamente.
Dependendo da quantidade de brancos que tenha e da cor que deseja conseguir, você pode optar por uma tintura sem amoníaco ou uma coloração permanente, em creme ou espuma.
Talvez se sinta mais cômoda com tons naturais, parecidos aos de seu cabelo original, ou prefira aproveitar para renovar-se. De qualquer forma, uma coloração intensa e brilhante cobrirá os brancos e a deixará impecável.
Cobertura perfeita e cor ideal
A primeira vez que você cobrir os brancos, recomendamos não mudar drasticamente a cor de seu cabelo: tente tingir com sua tonalidade atual para acrescentar brilho e profundidade. Uma vez familiarizada com sua nova imagem e o efeito da tintura sobre seu cabelo, poderá inovar e mudar o look completamente se o desejar.
Se você tem dúvida com a cor, escolha sempre uma tonalidade mais clara, já que a tintura, em geral, tende a ficar mais escura do que crê. Além disso, será mais fácil corrigir se não for do seu agrado o resultado. Também procure escolher um tom que combine com sua pele e seus olhos e preste atenção ao contraste com as sobrancelhas: se houver muita diferença, a cor do cabelo parecerá artificial.

DIFERENÇAS ENTRE TINTURA PERMANENTE; TONALIZANTE E HENNA

Coloração não é tudo igual! Existem dois tipos: temporária e permanente. As duas podem ser aplicadas em casa. A diferença está na fórmula: se contém ou não amônia e na quantidade de oxidantes. A embalagem não informa o tipo da coloração, apenas a indicação: se é para cobrir brancos, para clarear, fazer mechas, etc.

Tintura Permanente

A tintura permanente age em toda a estrutura do cabelo e muda o tom de maneira permanente. A coloração permanente contém amônia e não é compatível com todo tipo de química (hênna, hennê, hidróxido de sódio entre outras químicas). Ela abre até 2 tons a cor dos cabelos naturais e cobre 100% dos fios brancos. Tudo porque ela age diretamente na parte interna dos fios, substituindo a cor dos cabelos naturais pela cor desejada. Por ter amônia, a cor dura por mais tempo. Os cabelos que são lavados com mais frequência, desbotam mais rápido.
A tintura permanente, ao contrário do tonalizante, retira a cor natural dos fios e os substitui pela cor desejada, pois contém amônia e outros oxidantes, que faz com que o pigmento fixe por mais tempo nos fios. Para se fixar nos fios, a tintura modifica a estrutura do cabelo, pois ela a cutícula, elimina os pigmentos naturais dos fios e os substitui por outro com a cor desejada.
A tintura permanente tanto cobre os fios brancos completamente como também clareia ou escurece os cabelos. Por causa da química, é preciso cuidado se for fazer algum outro procedimento químico nos fios enquanto pintados, pois pode haver incompatibilidade de ativos.
Como tem uma composição química mais forte, a tintura pode ressecar os fios e deixá-los ásperos, coisa que não acontece com o uso de tonalizante.
Vantagens da tinta: deixa os tons fortes, a cor intensa e uniforme; cobre 100% de fios brancos; os fios podem ser clareados; possui efeito duradouro.
Desvantagens da tinta: é necessário retoque da raiz após 20 ou 30 dias; em caso de aplicação de química, é preciso fazer uma avaliação da compatibilidade dos fios; é bem mais agressiva e resseca mais; deve ser evitada em cabelos já ressecados; se não gostar do tom aplicado, é preciso esperar cerca de 7 dias para fazer uma reaplicação.
Pessoas que tenham feito progressiva há mais de 15 dias e queiram usar a tinta permanente ao invés do tonalizante para mudar a cor dos cabelos devem consultar seu cabeleireiro antes da transformação. Ele irá avaliar a condição dos fios e a compatibilidade da escova com a coloração.

 

Tonalizante

O tonalizante é uma coloração semipermanente que deposita pigmentos de cor na cutícula do fio. Age como “maquiagem”, ou seja, desbota a medida que se lava o cabelo. Não possuem amônia em sua composição. Por isso, os pigmentos não são capazes de penetrar na parte interna dos fios, o que diminui seu tempo de duração. Eles também não clareiam os cabelos! São menos agressivos e indicados para alguns cabelos quimicamente tratados.
O tonalizante dá mais brilho porque é menos abrasivo. Apesar de o tonalizante semipermanente não conter amônia, contém oxidante em sua formulação. Trata-se daquela famosa emulsão reveladora que acompanha o tubinho de tinta. O tonalizante banho de brilho além de não conter amônia, também é livre de oxidantes. É um produto bem suave, sem grandes contra-indicações. Ele serve para realçar a cor e dar um banho de brilho aos cabelos. O tonalizante é utilizado para mudar o tom do cabelo, realçar aquela coloração que já está apagadinha ou até mesmo dar um brilho maravilhoso aos fios naturais. Porém, isso não quer dizer que ele irá modificar a cor.
Vantagens do tonalizante: os tons de tonalizantes são bem suaves; a fórmula não contém amônia; sua duração é de 20 a 25 lavagens; é compatível com qualquer química; dá brilho e não resseca os fios; cobre cerca de 40% dos fios brancos; se o resultado for insatisfatório, o produto pode ser reaplicado.
Desvantagens do tonalizante: curta duração; cobre parcialmente os fios; não clareia e nem escurece os fios.

Henna

A henna não contém amônia nem oxidantes, por isso a coloração dura pouco, já que o pigmento se deposita na cutícula dos fios. A duração é de 15 a 20 dias. Engana-se quem acha que ela não agride os cabelos: a henna deixa a fibra mais dura, menos maleável, facilitando a quebra.

Vantagens da henna:   não contém amônia nem oxidantes, menos agressivo para o cabelo.

Desvantagens da henna:  o cabelo quebra mais fácil, durabilidade baixa.

COR FANTASIA DURA APENAS ALGUNS DIAS NO CABELO

A cor fantasia não agride os fios, pois não possui química. Dura apenas alguns dias e quanto mais claro e poroso for seu cabelo, maior a fixação. Você pode misturar pigmentos para fazer nuances bem diferentes, mas essa técnica exige muito cuidado, pois pode ficar manchado se for aplicado de maneira errada.
O legal da cor fantasia é que se bater um arrependimento, logo o seu cabelo estará na cor de antes.

 

SAIBA A DIFERENÇA ENTRE DESCOLORAÇÃO E DECAPAGEM!

Antes de investir em uma nova cor para seus cabelos, é muito importante conhecer direitinho cada procedimento que ele precisará passar para atingir a tonalidade exata. Se você frequenta salão de beleza ou gosta muito do assunto coloração, provavelmente, já ouviu falar em descoloração e decapagem e, talvez, até ache que são a mesma coisa, né? Mas saiba que são duas técnicas com objetivos parecidos (tirar pigmentos dos fios), porém com indicações diferentes. Dá só uma olhada!
Decapagem é feita para tirar pigmentos de cabelos pintados de cores escuras. Se você pintou de vermelho ou preto artificial e agora quer ficar loira, por exemplo, com certeza precisará passar por esse processo para “limpar” a cor sem deixá-lo manchado. Esse método é mais usado para colorações de cores escuras, porque são pigmentos que têm mais dificuldade de sair e, por isso, precisam de mais sessões para que o resultado seja perfeito.

A descoloração, que é um nome mais popular para as mulheres, é usada para tirar os pigmentos naturais de cabelos virgens que querem ser clareados, ou seja, onde a coloração sozinha não conseguiria atingir o resultado desejado.
Tanto na descoloração quanto na decapagem, o pó descolorante é o protagonista, o que muda é o passo a passo de como fazer. Deixe isso na mão de um profissional, combinado?
poroso, vamos precisar adiar algumas semanas a nova coloração.

CUIDADOS QUE DEVEMOS TER COM OS CABELOS TINGIDOS OU COLORIDOS

Todos os tipos de coloração deixam os fios mais sensíveis às agressões diárias, como sol, vento, secador e chapinha. Algumas tinturas já possuem ativos que tratam os cabelos ao mesmo tempo em que são tingidos, diminuindo os danos à saúde e beleza dos fios. Leia a caixinha da coloração para saber se ela oferece esses benefícios.
Você pode colorir as madeixas em casa mesmo, mas se estiver com alguma dúvida, procure um profissional colorista em um salão de sua confiança!
Mulheres que tenham usado algum tipo de química para alisar os cabelos devem ter bastante cautela na hora de pintar os cabelos, pois pode ser que os fios fiquem elásticos caso a tintura usada não seja adequada ao processo de alisamento.
Antes de pintar os cabelos é necessário conversar com seu cabeleireiro de confiança e ver se a tintura a ser utilizada não prejudicará a saúde dos fios. Atualmente, o tonalizante vem sendo muito usado pelas mulheres como uma opção para cabelos que já tem química, pois ele é menos agressivo que as tinturas permanentes.

 

Linha Secrets - Cachos

 

 

Marcado com , , , , ,

1 ideia sobre “Tudo que você precisar saber sobre as tinturas capilares.

  1. This is truly helpful, thanks.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *